Prefeitura de Itapipoca realiza o projeto Territórios da Leitura

Em  2021, Itapipoca, no Ceará, foi o segundo município contemplado pelo projeto Territórios da Leitura.

No Brasil 48% da população não tem o hábito de ler e mais de 70% da população não frequenta bibliotecas. Para enfrentar o desafio de reverter este quadro e estimular a leitura em Itapipoca, a Prefeitura está acolhendo a realização do projeto Territórios da Leitura.

A ação é fruto de uma grande parceria envolvendo a Prefeitura de Itapipoca, com articulação do gabinete da primeira-dama, Secretaria de Educação Básica do município, patrocínio do Grupo GERDAU, Dass – Implementing Sportswear Brands e do Governo do Ceará, através da Secretaria das Cidades e da Companhia de Águas e Esgotos do Ceará – CAGECE. Também integram a iniciativa o Grupo Seara – Cultura e Desenvolvimento, BG Soluções Sociais, Educação em Rede, a Invento Assessoria e Produção Cultural, a Secretaria Especial da Cultura e do Ministério do Turismo. Os recursos foram viabilizados através da Lei Federal Rouanet de Incentivo à Cultura.

O Territórios da Leitura visa atrair e manter leitores de escolas públicas, por meio da renovação do acervo bibliográfico e dos recursos tecnológicos e pedagógicos das bibliotecas contempladas, partindo da premissa que estes equipamentos são considerados a principal porta de entrada da criança e do jovem na leitura, segundo dados da pesquisa Retratos da Leitura. As bibliotecas contempladas em Itapipoca, da Escola Monsenhor Antônio Tabosa Braga e da Escola Dr. Péricles Fernandes Teixeira ganharam novas cores, mobiliários, equipamentos eletrônicos, jogos e novos livros. Também serão ofertadas formações para educadores, capacitação para contação de histórias e vivências literárias para os alunos, afim de melhorar e estimular a leitura, com bibliotecas escolares confortáveis, bonitas e interessantes, ponto de encontro de afetos e conhecimento e território fértil para cultivar leitores capazes de fazer leituras sábias do mundo e transformar a realidade a partir de suas próprias histórias de vida.

As solenidades ocorreram no dia 29 de julho e reuniram o prefeito de Itapipoca Felipe Pinheiro, o secretário de educação do município, Pedro Neto, o presidente da Câmara Municipal, Francisco Alberto, Galtônio Moreira, do grupo Dass, Emídio Sanderson, diretor da Invento Produções Culturais, diretores das escolas contempladas, dentre outras autoridades, representantes dos professores, funcionário, pais, alunos e da sociedade civil. O nome da biblioteca da Escola Monsenhor Antônio Tabosa Braga homenageia a Professora Adriana Cavalcante Assunção Santos e o Professor João José Bezerra nomeia a biblioteca da Escola Dr. Péricles Fernandes Teixeira.

Em sua fala, o Prefeito Felipe Pinheiro ressaltou a felicidade  de estar recebendo estes equipamentos. Considerando que um dos seus objetivos é colocar a educação no centro da gestão do município, por acreditar que Itapipoca terá um verdadeiro salto de desenvolvimento a partir da educação, criando condições para a geração de emprego e renda na cidade, e renda em um outro patamar, na medida em que se formam cidadãos que transformam a cidade em uma Cidade Universitária, eleva-se a renda para um outro nível de valor agregado, cada vez mais importante diante do novo modelo de um mundo cada vez mais tecnológico, onde as tecnologias da informação agregam ainda mais valor ao conhecimento de padrão tradicional. Ao final de sua fala, o prefeito renovou seus agradecimentos aos parceiros no projeto pelo fortalecimento da educação no município, em nome de todos os itapipoquenses. Os eventos contaram com número reduzido de participantes, em respeito aos protocolos de segurança relacionados com a prevenção da Covid-19.

Para mais informações sobre o projeto acesse: https://territoriosdaleitura.com.br/